Entretenimento, TV

Escolinha do Professor Raimundo pode ter 12 novos episódios

Sucesso nos anos 90, a Escolinha do Professor Raimundo foi ao auge nessa época. Com um formato cômico comandado pelo ilustríssimo Chico Anysio, a Escolinha ia ao ar aos sábados, às 21h30 da noite. Não demorou muito e essa turma já conseguiu fazer um grande barulho na grade da televisão, passando a ser mostrada de segunda a sexta-feira às 17h30 da tarde. Recentemente a Rede Globo de Televisão resolveu fazer um remake em homenagem ao próprio Chico, que faleceu em março de 2012.

Já que a televisão brasileira passa apuros em termos humorísticos em sua grade de programas, a Escolinha foi uma benção para os grandes amantes da verdadeira comédia. Exibida inicialmente no canal pago Viva, voltou a fazer parte da TV aberta no final de 2015, contando com 9 episódios (7 reprises e 2 inéditos). Logo na sua estréia foi líder de audiência com pico de 14,3 pontos, tendo larga vantagem sobre “Domingo Show” da Rede Record e “Domingo Legal” do SBT.

Segundo dados levantados, houve um aumento de 27% na audiência com relação a semana anterior da estréia. Isso mostra que o humor não existe prazo de validade quando lembramos de ótimos programas feitos na nossa história. O formato jovem busca atrair as antigas gerações e as novas, e nada mais glamoroso do que colocar artistas a altura dessa nova jogada como Bruno Mazzeo (Professor Raimundo), Marcos Caruso (Seu Peru), Mateus Solano (Zé Bonitinho), Marcelo Adnet (Rolando Lero) e Dani Calabresa (Catifunda).

Com esse grande sucesso, vem também novos projetos, e o time da Globo resolveu dar continuidade e criar mais 12 novos episódios para a alegria dos fãs. De acordo com o colunista Flávio Ricco, o único entrave é ver a disponibilidade do elenco e a necessidade de alguns pequenos ajustes para que comessem o quanto antes as gravações dos novos episódios.

Post AnteriorPróximo Post