Entretenimento, Música

Casa antiga de Jimi Hendrix vira museu em Londres

Uma das maiores lendas do rock e do blues se foi a exatos 46 anos, mas seu legado ainda continua vivo, seja pelas suas músicas, roupas e a mais nova inspiração em sua pessoa, um museu. Nascido em Seatle, nos Estados Unidos, Jimi Hendrix foi sem dúvida nenhuma um astro que ao auge de seus 27 anos teve seu dom levado para outro patamar da vida.

O antigo quarto do artista localizada na 23 Brook Street em Londres, foi reformado e restaurado como parte de uma exposição que foi aberta no dia 10 de fevereiro, cerca de 45 anos mais tarde após estar fechado, e tem como intuito preservar as memórias e as histórias de Hendrix dentro daquela casa. Hendrix viveu naquela casa com a sua ex-namorada Kathy Etchingham em 1968 e 1969. Toda a restauração demorou dois anos, e custou cerca de 2,4 milhões de libras.

Porém a novidade ainda não para por aí, antes mesmo de Hendrix morar naquela casa, outro artista e compositor gêrmanico (naturalizado britânico) já teve seus dias de glórias lá por perto, o renomado George Frideric Handel, que vivenciou 36 anos num apartamento do lado em meados do século 18.

Museu

Dentro do museu é possível encontrar objetos pessoais de Hendrix, como uma guitarra acústica Epihpone, com a qual o músico elaborou sua conhecida versão da música “All Along the Watchtower”, composta por Bob Dylan. Os álbuns de vinil que Jimi e Kathy ouviam estão pousados ao lado do gira-discos antigo. Há um bule de chá num tabuleiro no chão, dois telefones e um televisor, vários tapetes persas espalhados pelo quarto, um jogo de Monópolio, plumas a decorar a chaminé, o ambiente é muito hippie. O espelho e a mesinha baixa são as originais. Numa das mesas está um gravador e na mesinha de cabeceira é possível ver uma garrafa vazia de Mateus rosé e um manuscrito com a letra de uma canção.

Em uma das paredes do museu foram colocadas as capas dos discos de Jimi Hendrix, além de discos colecionados por Hendrix de artistas como Bob Dylan, Ravi Shankar, Beatles e Bach.

Hendrix alugou o apartamento por 30 libras semanais, e só achou o local porque sua namorada na época, Kathy Etchingham, viu seu anuncio em um jornal. Foi nesta casa, que Jimi Hendrix inventou vários riffs que revolucionaram a história da música e onde descobriu o chá.

Antes da reforma, o espaço era ocupado pelos escritórios da fundação Handel House.

Os ingressos custam £ 7,50 para adultos e £ 3 para crianças, e o museu só poderá receber 20 visitantes de cada vez. Para mais informações acesse o site oficial do museu e se tiver a oportunidade, conte-nos como foi essa sua experiência.

Site: Handel Hendrix

Post AnteriorPróximo Post