Cotidiano

4 passos para controlar impulsos emocionais

Em muitos casos ser guiado pelas emoções pode ser uma péssima ideia quando os seus objetivos estão colocados na mesa. Seja em apresentações ou reuniões, saber falar e como falar, não ter vergonha ou medo é importantíssimo para passar aquilo que você precisa. A psicóloga e líder-coach, Maura de Albanesi, listou quatro passos para controlar seu impulso emocional e se sentir melhor e mais confortável nessas situações diárias.

1 – Ter consciência de que você não é o que sente: “A sua emoção é um reflexo das suas memórias primitivas. A dica é sempre se colocar na vida como um observador, se distanciando do julgamento, porque quando julgamos estamos nos tornando os sentimentos guardados”.

2 – Desenvolver o autoconhecimento: “Ter domínio sobre seus registros mentais é uma etapa poderosa: você deve ter conhecimento sobre suas memórias e as mensagens que existem nelas – como um álbum de fotografia, eles fazem parte de você, da sua história e você precisa abri-los quando necessário”.

3 – Fortalecer os propósitos: “Você precisa definir o que quer, quais resultados deseja. Usamos nosso córtex para o direcionamento. Viver sem direcionamento é repetir comportamentos aprendidos”.

4 – Planejar atitudes: “Quais são as variáveis (cenários) possíveis diante de uma situação e quais serão suas respostas a cada uma delas? Com isso, você antevê os acontecimentos e treina suas reações emocionais. No exemplo, antes da reunião, a pessoa poderia antever todas as possibilidades de questionamento e já ter planejado respostas coerentes ao seu objetivo. Aquela história de ‘na hora eu vejo’ não funciona. Não desmereça seu arquivo mental, ele é poderoso e está no piloto automático”, finaliza.

Fonte: Maura de Albanesi é mestre em Psicologia e Religião pela PUCSP, Pós-Graduada em Psicoterapia Corporal, Terapia de Vivências Passadas (TVP), Terapia Artística, Psicoterapia Transpessoal e Formação Biográfica Antroposófica, atua com o ser humano há mais de 30 anos.

Post AnteriorPróximo Post